9 de janeiro de 2017

Balanço de 2016: Leituras


Começando minha série de Balanços do ano, neste primeiro post trago meu ano de 2016 nas leituras...

Meu único objetivo este ano para as leituras era o que vem sendo nos últimos anos: voltar a ler. Voltar a ter um ritmo de leitura constante. Falhei. Mais um ano que se passou ao qual minhas leituras foram escassas.

No começo do ano até estava um tanto empolgada: provavelmente por ser começo de ano em primeiro lugar, mas também tinha um sentimento de que iria conseguir esse objetivo. Então peguei em algumas histórias, comecei alguns mangás  - até entrei no desafio da Raquel, o Attack on Mangá, ao qual já deve ter deduzido, também falhei consideravelmente - e estava indo relativamente bem, mas foram passando os meses e isso foi diminuindo, até que já não peguei mais em nada e veio sendo assim até o momento.

É com muita tristeza que escrevo isso, pois adoraria ter feito lista de melhores, lista de piores, entre outras listas de leituras que novamente irá ficar apenas na vontade e pensamento.
 
Ao total foram 8 histórias, sendo que apenas terminei um livro, uma história curta e o resto foram mangás.



O único livro que terminei, na verdade comecei em 2015 e quando completou exatamente um ano, o finalizei. Foi O Aliciador de Donato Carrisi - não vou deixar o link da opinião que escrevi porque preciso refazê-la, foi um tapa na cara tão grande que levei que não consegui escrever como deveria sobre a leitura.


Já a história curta que li foi a prequel de The Murder Notebooks, chamada Dias Sombrios. Opinião


Quanto aos mangás, li:

O Vol 1 de Gokusen. Opinião


O vol único de Shirokuro-kun to Anzu-chan. Opinião



O Vol 1 de Suki-tte Ii na yo. Opinião



O Manhwa My Dream My Work. Opinião


E para finalizar li o one shot Kon no Ki Konoha e o Vol 1 de Crayon Days, mas não escrevi nada sobre eles até o momento para deixar links.

Não coloquei na ordem de leitura, mas a última que terminei foi em maio...

Tentei, tentei mesmo começar mais coisas, mas novamente não consegui nada. É horrível não conseguir fazer o que você mais gosta, dá uma sensação de pesar muito grande ver o tempo passando e nada...

Não quero me fazer promessas mais a esse respeito e aos outros, não quero ficar nesta frustração que venho tendo nestes últimos anos. Vou deixar rolar, torcendo para que minha vontade de ler volte, sem me dar pressão para isso.


E termina 2016 assim para a (falta de) leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário e pela visita! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...