25 de fevereiro de 2014

Na Lista de Espera: Autores [#5]





E nesse top 3, é especial autores espanhóis - claro que tem vários outros que quero ler, e com o tempo os vá mostrando nas próximas listas, mas por enquanto apenas os 3 da vez:





1.  María Dueñas

Quase sempre que vejo alguém falando sobre o livro  El tiempo entre costuras é bem e desde que li a sinopse, só aumentou a vontade de ler este livro. Bom, se gostar deste, provavelmente irei querer ler um outro dela, o Misión Olvido. 











2.  Matilde Asensi 

Da linha de ficção histórica e com vários livros lançados, fica difícil saber por onde começar a ler. Espero que no tempo em que for fazer a leitura faça uma boa escolha. 








3.  Eduardo Mendoza 

Também com vários livros lançados, ainda não sei por qual começar - embora já tenha posto na minha lista do to-read do site Goodreads o livro El laberinto de las aceitunas.
E estou bem curiosa pois é daquele tipo de mistério mais leve - de acordo com algumas opiniões que li, chega a ser engraçada a história também. E como gosto desse tipo de leitura, já viu, né?






23 de fevereiro de 2014

Música [#20]


A dessa semana talvez seja uma das que tenha o tipo de som mais pop que colocarei por aqui. Gosto já faz um tempo e a descobri através de uma novela que assistia, Lalola. Tinha duas músicas dessa banda na novela, mas só depois de algum tempo e ouvindo uma outra música e ido procurar sobre a banda foi que descobri de quem era essas músicas que tocavam nessa novela - que é Argentina, assim como a banda. Enfim, vou colocar só uma delas e divirta-se:



"Enamorada" de Miranda!


Letra:

Al momento de ser realista,
Nunca me considere una especialista
Y sin embargo algo en mi cambio
Se exactamente como sucedio,

Mi corazon palpitaba
Cada vez que se hombre se me acercaba
Y con el tiempo me empezo a gustar
Debo decir que no me fue tan mal

Como de repente todo es ordenado
Desde que has llegado mi vida cambio
Ya no soy la misma que tu conociste
Entonces, ahora estoy mucho mejor!
Porque me di cuenta que tuvo sentido
Haber recorrido lo que recorri
Y al final de cuentas, el era mi recompensa
Que suerte que nunca me fui

Yo nunca fui muy afortunada
Mis anteriores novios no me cuidaban,
Me maltrataban y me hacian llorar
Y nadie me venia a consolar

Ahora estoy como loca pensando
Que voy a comerle la boca
Quiero besarlo hasta sentir dolor
Y someterlo a nuestro hermoso amor

Como de repente todo es ordenado
Desde que has llegado,mi vida cambio
Ya no soy la misma que tu conociste
Entonces ahora estoy mucho mejor!
Porqe me di cuenta que tuvo sentido
Haber recorrido lo que recorri
Y al final de cuentas, el era mi recompensa
Que suerte que nunca me fui

Como de repente todo es ordenado
Desde que has llegado mi vida cambio
Ya no soy la misma que tu conociste
Entonces ahora estoy mucho mejor!
Porque me di cuenta que tuvo sentido
Haber recorrido lo que recorri
Y al final de cuentas, el era mi recompensa
Que suerte que nunca me fui

Que suerte que nunca me fui
Que suerte que nunca me fui
Que suerte que nunca me fui 



Fonte: http://www.vagalume.com.br/miranda/enamorada.html


20 de fevereiro de 2014

O Livro



Dos diversos instrumentos do homem, o mais assombroso é, indubitavelmente, o livro. Os outros são extensões do seu corpo. O microscópio e o telescópio são extensões da vista; o telefone é o prolongamento da voz; seguem-se o arado e a espada, extensões do seu braço. Mas o livro é outra coisa: o livro é uma extensão da memória e da imaginação. 
Em «César e Cleópatra» de Shaw, quando se fala da biblioteca de Alexandria, diz-se que ela é a memória da humanidade. O livro é isso e também algo mais: a imaginação. Pois o que é o nosso passado senão uma série de sonhos? Que diferença pode haver entre recordar sonhos e recordar o passado? Tal é a função que o livro realiza.
(...) Se lemos um livro antigo, é como se lêssemos todo o tempo que transcorreu até nós desde o dia em que ele foi escrito. Por isso convém manter o culto do livro. O livro pode estar cheio de coisas erradas, podemos não estar de acordo com as opiniões do autor, mas mesmo assim conserva alguma coisa de sagrado, algo de divino, não para ser objecto de respeito supersticioso, mas para que o abordemos com o desejo de encontrar felicidade, de encontrar sabedoria. 








- Jorge Luís Borges, in 'Ensaio: O Livro'








Citação do Dia [#15]








18 de fevereiro de 2014

Na Lista de Espera: Livros [#4]




No top 3 dessa vez é especial clássicos:





1. Anna Karenina de Leo Tolstoy

É um dos livros que quero ter físicos, pois penso que aproveitarei melhor a leitura quando a fazer. Tenho bastante curiosidade por ser tão bem falada e também como já li um deste autor - e que adorei -, só aumenta a vontade de conhecer mais de sua obra. Mas ainda não sei quando irei fazer essa leitura, porque espero fazê-la quando tiver no "momento certo" e assim não deixá-la parada quando estiver a meio por não conseguir continuá-la por algum motivo.











2. Crime e Castigo de Fyodor Dostoyevsky

Outro que também quero ler quando tiver físico e é sempre tão bem falado que a minha curiosidade só aumenta. Bom, tal como o de cima, ainda não sei quando o terei e nem quando o lerei, pelos mesmos motivos. 














3. O Diário de Anne Frank de Anne Frank

Bem, acho que este eu lerei antes dos outros acima dessa mini lista. Isto porque além de ter uma vontade de que seja num futuro mais próximo, ele também é menor em tamanho - coisa que acaba espantando um pouco os outros. Também quero ver se o consigo físico, mas como ainda não tenho uma previsão de quando farei a leitura, não tenho tanta pressa em tê-lo.







16 de fevereiro de 2014

Música [#19]


A dessa semana não é bem literalmente a música da semana, mas sim a banda da semana, pois foi a que mais ouvi. Faz uns anos que escutei qualquer coisa deles e gostei nesse tempo, mas não fui mais adiante. Porém, durante essa semana encontrei através de outro link pelas minhas andanças pelo youtube um vídeo de um show deles e aproveitei para ver algo finalmente. E não é que adorei! Pretendo ouvir mais deles e por agora deixo uma das músicas que já gosto, mesmo tendo escutado tão pouco:


"Bailar Conmigo" de Bomba Estéreo


Letra:


Es domingo en la noche, parece que no hay vida
¿Qué pasa con la gente? ¿Por qué ya no la vacila?
Pásame la cerveza o pásame la birra
Y dile como quieras pero ponte recursiva
Llama a tu amigo el DJ y montemos las cabinas
Invita a la Juliana y también a las vecinas
A Aleja, a Silvina, a su hermana Agostina
Cierra las ventanas que viene la policía

Busquemos un pasado, que traigan gasolina
Y todas esas cosas que a todos nos fascinan
Una fina golosina
Ponme luz en la cocina

Levanta la mano si tú quieres bailar conmigo

Despacio

Que lo único que importa esta noche es que estás conmigo

Coro:
Pero levanta la mano si tú quieres bailar conmigo
Pero levanta la mano si tú quieres enloquecer
Porque lo único que importa esta noche es que estás conmigo
Y que mañana temprano vas a desaparecer
Yo lo que quiero es que estés conmigo, yo lo que quiero es vacilar (bis)

Vas entrando con la puerta abierta
Esa noche te encontré y nos vimos en la fiesta
Eso que sentí, no te podía creer
Bailamos un rato al amanecer
Dijiste que sí, mirándome a los ojos
Y en cinco minutos nos quedamos solos
Nos fuimos para arriba y nos tocamos despacio
Los besos y caricias fueron llenando el espacio

Despacio

Levanta la mano si tú quieres bailar conmigo

(coro)

Despacio (bis)



Fonte: http://bombaestereo.com.co/es/lyrics/

13 de fevereiro de 2014

Mentira e Verdade Desmascaradas



Se desconfiarmos que alguém mente, finjamos crença: ele há-de tornar-se ousado, mentirá com mais vigor, sendo desmascarado. Por outro lado, ao notarmos a revelação parcial de uma verdade que queria ocultar, finjamos não acreditar, pois assim, provocado pela contradição, fará avançar toda a retaguarda da verdade. 


- Arthur Schopenhauer, in 'Aforismos para a Sabedoria de Vida'



Citação do Dia [#14]





11 de fevereiro de 2014

Belas Capas [#9]




Ainda vou colocar nesta coluna algo diferente que não sejam apenas ilustrações, mas por enquanto que alguma não me chama atenção neste sentido vai mais uma assim. hehehe

Vi esta há pouco tempo e, como era de se esperar, me chamou atenção imediatamente. É de um dos livros que quero ler algum dia, embora ainda não o tenha físico - esta edição eu não sei se terei, pois é bem carinha. 

Bom, agora fique com algumas capas de edições pelo mundo:




10 de fevereiro de 2014

Aquisições [09/02/2014]



                                          

  1.  L. Frank Baum - O Mágico de Oz
  2. Stephen King - Rose Madder


- Essa edição do O Mágico de Oz eu tinha visto em outro lugar e até tive vontade de tê-lo mais não deu no dia para comprar. Mas dessa vez deu e o trouxe comigo, por um preço menor do que o outro! :)

- Já o livro do Stephen King eu comprei sem nem olhar a sinopse, isso por ser de quem é e por estar com um preço ótimo - mesmo que seja livro de bolso, os livros dele são geralmente bem caros e não pude deixar passar a oportunidade. Olhando a sinopse já em casa, acho que deve ser bem pesado pela premissa que li. Então não tenho ideia de quando o lerei... :S


Estantes [#20]



 The Circular Bookshelf, feito por Zhdanova Irina 


9 de fevereiro de 2014

Música [#18]


E a música dessa semana foi literalmente e minha música da semana! Isso porque foi a que mais escutei ao longo da semana e enfim, a adoro e é linda! Há dois vídeos dessa música, um lyric video e este que coloco aqui, do clipe oficial - e os dois são igualmente ótimos:


"Afterlife" de Arcade Fire


Letra:

Afterlife, oh my God, what an awful word
After all the breath and the dirt
And the fires that burn
And after all this time
And after all the ambulances go
And after all the hangers-on are done
Hanging on to the dead lights
Of the afterglow

I've gotta know
Can we work it out?
We scream and shout 'till we work it out
Can we just work it out?
Scream and shout 'till we work it out?
'Till we work it out, 'till we work it out
'Till we work it out, 'till we work it out

Afterlife, I think I saw what happens next
It was just a glimpse of you
Like looking through a window
Or a shallow sea
Could you see me?
And after all this time
It's like nothing else we used to know
After all the hangers-on are done
Hanging on to the dead lights
Of the afterglow

I've gotta know

Can we work it out?
Let's scream and shout 'till we work it out
Can we just work it out?
If you scream and shout 'till we work it out?

But you say
Oh, when love is gone
Where does it go?
And you say
Oh, when love is gone
Where does it go?
And where do we go?
Where do we go?
Where do we go?
Where do we go?
Where do we go?
Where do we go?
Where do we go?
Where do we go?

And after this
Can it last another night?
After all the bad advice
Had nothing at all to do with life

I've gotta know

Can we work it out?
Scream and shout 'till we work it out?
Can we just work it out?
Scream and shout 'till we work it out?

But you say
Oh, when love is gone
Where does it go?
And you say
Oh, when love is gone
Where does it go?
Oh, when love is gone
Where did it go?
Oh, when love is gone
Where did it go?
And where do we go?

Is this the afterlife?
It's just an afterlife, with you
It's just an afterlife
It's just an afterlife, with you
It's just an afterlife



Fonte: MetroLyrics


8 de fevereiro de 2014

TAG: O Livrofone



Vi esta no blog da Ana, o The Chronicles of a Bookaholic e achei bem divertida. Foi traduzida pelo José, do blog  O Blog de um tal José - lá tem os links de quem criou a tag certinho. ;)
Perguntas:

1. Chamada perdida: um livro que não conseguiste acabar de ler.
No momento tenho dois que desisti de vez: o Madame Bovary - do qual não consegui suportar a tal madame nem a lentidão do livro; e o Sangue Quente.

2. Chamada a três: a personagem que mais te fez rir, aquela que mais odeias e aquela que adoras.
Hummm Tenho alguns personagens que me fizeram rir - acho que muitos relacionados a séries de livros, o que ajuda a continuar dando risada. XD Citar um só é covardia, mas vamos lá: a vovó Mazur da série Stephanie Plum sempre me faz rir! Odiar? Não lembro bem, talvez a Madame Bovary? Mas como não li todo o livro, então cito a June, de Legend - não a odeio, mas ela me irritou bastante e não gostei dela de jeito nenhum! Já as que adoro, tenho alguns já... mas de novo citar só um parece que é só aquele, mas não... enfim, vou no mais fácil: o Peeta. :D

3. Facturas: o preço mais caro que já pagaste por um livro.
Eu acho que foi o Saco de Ossos, do Stephen King. olhando o preço no site da livraria onde comprei, foi R$ 52,90. Caro para car*****!


4. Interferências: um livro no qual fizeste uma pausa e ao qual voltaste passado algum tempo.
Eu já tenho alguns livros pausados sim, mas ainda não voltei a pegá-los! :S

5. Voice Mail: um livro com frases que estás sempre a dizer.
Não tenho esse hábito. :/

6. Toque de chamada: um livro que gostarias de ler e reler várias vezes.
O que me veio a mente assim de pronto foi os da série Mortal, mas como ainda estou tão longe de estar nos livros atuais da série, então tenho bastante material para ajudar a tirar a saudade - e inédito, para mim, claro! :D

7. Sem rede: um livro que demoraste muito a conseguir.
Vou me repetir, mas fazia tempo que queria o Saco de Ossos. Mas ainda não o li! hehehe

8. Videochamada: uma personagem que gostavas que existisse.
ROARKE! MEU AMOR, VEM CÁ, ESTOU TE ESPERANDO! <3

9. Smartphone: livro físico ou ebook?
Utilizo os dois, e os adoro. Mas o meu preferido é o formato físico mesmo.

10. Número não disponível: um livro que estás reticente em ler mas que todos já leram.
A saga Black Dagger BrotherhoodBem, não é que todos já leram, mas dentro do estilo e gênero de leitura na qual ele faz parte é muito bem falado. Como não tenho lá aquele interesse por vampiros, fico bem reticente em tentá-lo. Talvez algum dia, quem sabe. 



[FdL] - Vídeo [#8]


Ah, este é para alegrar o dia!

7 de fevereiro de 2014

Acessórios & Livros


Já encontrei em vários sites muitas coisas relacionadas a livros e há um tempinho, encontrei um marcador tão bonito e diferente que queria também compartilhar por aqui. Mas como não tinha nenhuma coluna que encaixasse, resolvi criar uma para acessórios de/para livros. Que tal? Ainda não sei bem um nome bom para esta coluna, mas por enquanto fica como Acessórios & Livros - por favor, se tiver alguma ideia melhor para o nome desta  coluna (ou outra coisa também), me avise. :)








Ah, eu quero!


Artes & Livros [#19]




6 de fevereiro de 2014

Insiste Em Ti Mesmo


Insiste em ti mesmo; nunca imites. A todo o momento, podes exibir o teu próprio dom com a força cumulativa de toda uma vida de estudo; mas do talento imitado de outro tens apenas posse parcial e momentânea. Aquilo que cada um sabe fazer de melhor só pode ser ensinado por quem o faz. Ninguém sabe ainda o que seja, nem o pode saber, enquanto essa pessoa não o demonstrar. Onde está o mestre que pudesse ter ensinado Shakespeare? Onde está o mestre que pudesse ter instruído Franklin, ou Washington, ou Bacon, ou Newton? Todo o grande homem é único. 


- Ralph Waldo Emerson, in "Essays"



Citação do Dia [#13]






5 de fevereiro de 2014

4 de fevereiro de 2014

Na Lista de Espera: Autores [#4]




O top 3 dessa vez é especial policiais!




1. John Grisham

Este é um dos autores que embora ainda não tenha lido nenhum livro, tenho vontade de ter uma coleção dele. Por que? Vai saber! Ou talvez seja por seus livros serem de um gênero que adoro e com muitos elogios recebidos, enfim. Já tenho alguns físicos dele, como "O Último Jurado", "O Recurso" e o "Caminhos da Lei". Mas para tentar fazer coleção é complicado pois seus livros aqui no Brasil são caros demais! Não lembro se ganhei um deles, mas os que comprei foi só porque estavam com promoção na feira do livro, se não sabe-se lá quando os teria!
Bom, de momento ainda não sei quando os lerei e nem por qual começar a lê-lo. Mas fazendo isso, coloco aqui o que achei dele.





2. Michael Connelly

Tenho quase o mesmo sentimento de ter vários livros deste autor, como tenho com o John Grisham. Só que neste caso, é mais complicado, pois além de ter muitos livros lançados e serem muitos caros, a maioria deles fazem parte de alguma série ou outra. Então é melhor ir a passos de tartaruga com ele, pois dinheiro que é bom... :/ Também consegui alguns físicos com bons preços na feira do livro no ano passado, porém não são os primeiros da série Harry Bosch. Ainda não sei quando começarei a lê-lo, mas desejo que não leve lá muito tempo para tal.






3. John le Carré

Mais um autor tão bem falado e com algumas adaptações para o cinema que me deixam ainda mais curiosa para fazer a leitura de pelo menos alguns de seus livros. De livro físico, só tenho O Jardineiro Fiel. Mas seja físico ou em e-book, quero ler e ver depois os filmes respectivos, porém, ainda não sei quando o farei - não gosto e nem quero ver os filmes antes de fazer a leitura dos livros, portanto, terei de esperar.








3 de fevereiro de 2014

Proximamente [#4]


Esperando minha vontade de ler voltar... enfim, tomara que consiga alguma coisa!

Leitura conjunta


Ainda não decidi se vou ler algum dos dois por agora, mas quero ver se pelo menos leio um dentro deste tipo de leitura.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...