16 de julho de 2015

[Drama #18] - Rooftop Prince


Título: Rooftop Prince | 옥탑방 왕세자
País: Coreia do Sul
Gênero: Romance, Comédia, Fantasia
Ano: 2012
Nº de Episódios: 20
Nota: 8.5/10


Comecei no dia: 24/07/2014
Terminei no dia: 28/08/2014







Rooftop Prince, é sobre o príncipe Lee Gak, que volta para o futuro, da era Joseon para Seul, afim de conhecer a garota que ele amava, Park Ha, depois de perdê-la na era Joseon. O príncipe viaja com a sua comitiva; Song Man Bo, Woo Yong Sul e Do Chi San e nessa jornada, eles acabam se reunindo com Joo Se Na, que se parece com a menina que ele amava. Fonte








Apesar de não esperar tanto, gostei bastante deste drama. Uma história um tanto diferente das habituais, a qual fui me apegando aos poucos e quando dei por mim já estava gostando muito.

E quando a história começa, devo dizer que fiquei um pouco confusa até a transição do passado ao futuro, me causou certa estranheza, mas depois disso ocorreu tudo bem. Já era de imaginar os tipos de situações que os quatro iriam passar no presente, mas foi ainda tão divertido ver isto!
E mesmo depois das adaptações, ainda assim acontecem situações engraçadas ao ongo do drama.

imagem encontrada aqui

  
imagens retiradas daqui


Mas não fica só na comédia: também tem uma certa dose de drama que muita das vezes se dá pelos vilões da história, que foram muito bons - no sentido que nessa vilania me fazia ficar irritada e mesmo com raiva de quando seus planos davam certo. O bom disso era que o mocinho e seus súditos não os deixavam passar tão livremente e quase sempre estavam atentos.

Também acontecem mais coisas e revelações além dos que tem a ver com os vilões e que ao mesmo tempo que dá raiva os fazem ficar não tão ruins, por assim dizer. Mas achei o final deles justo pelas maldades que fizeram.

Embora até então não ter visto nenhum dos atores, gostei do trabalho deles aqui. Então é ficar de "olhos abertos" para ver outros trabalhos seus.


O que não entendi bem foi do final em si: o que aconteceu ali? o mocinho voltou para o corpo do atual? Reencarnado ou não? Ou era o atual mesmo que voltou a vida? Soube que há algumas explicações para esse final, mas não fui atrás para saber. Custava ter (quem criou) deixado tudo as claras?






Quanto a ost, gostei mais das músicas instrumentais que, quando tocam em algum programa me faz lembrar do drama. Deixo duas delas:






Penso em algum dia ver novamente, mas sabe-se lá quando...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário e pela visita! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...