20 de abril de 2015

Liar Game de Shinobu Kaitani [Opinião - Mangá]



Título: Liar Game
Autor: Shinobu Kaitani
Série: Liar Game, #1
Gênero: Mistério, Thriller, Suspense
Ano: 2005
Classificação: 4/5
Início da Leitura: 03/01/2015
Término: 20/04/2015




Nao Kanzaki, uma estudante extremamente honesta, um dia recebe um pacote contendo 100 milhõs de ienes e uma carta. Ela então descobre que faz parte do seleto grupo de 1 em cada 100.000 pessoas que foram escolhidas para participar de um jogo que pode resultar em extrema riqueza ou na desgraça total. O que define quem ganha e quem perde? Sua capacidade de enganar e manipular outras pessoas. E então qual será o desfecho deste jogo que explora os limites da psicologia humana?





Quase sempre quando assistia - porque vi o dorama e filme antes de começar ler este mangá - ou ia lendo este volume, me perguntava: o que faria se fosse eu a "escolhida"? Acho que não dá para não pensar nisso enquanto vemos ou lemos essa história. Não creio que participaria, mas como se vê logo de início, só o fato de abrir o envelope e a caixa com o dinheiro a pessoa já estava automaticamente participando do jogo. E aí é que começa o "terror" psicológico...

Como se não bastasse você ter de entrar em algo com o qual não te interessa, tem o fato de que você tem que devolver a quantia que lhe foi "emprestada/dada" caso perca. Exatamente os 100 milhões! É praticamente dívida que provavelmente uma vida inteira não bastaria para pagar (no caso de você não ter esse dinheiro em mãos, certo?)! A única solução então é ganhar - o todo. Porém, se ganhar, você só precisa pagar a metade do que lhe deram/emprestaram - uma mísera quantia de 50 milhões...

E neste primeiro volume temos não só a apresentação de personagens principais, como também a primeira rodada do Liar Game - porque depois vem mais.

Nessa primeira rodada são escolhidos quem vai contra quem e o objetivo é tirar o máximo que puder do oponente, sem importar os meios para isso.

A Nao Kanzaki é uma garota ingênua e que acredita em tudo que lhe é dito e confia nas pessoas de um modo que creio que seja exagerado. E por causa disso logo no início do jogo ela se mete numa enrascada. E para sair disso ela acaba fazendo algo que não sei se muitos fariam: chamar um ex-vigarista que mal acabou de sair da prisão, o Shinichi Akiyama. Neste primeiro volume não se fala da vida dele nem o que levou a ser preso, mas já dá para ver um pouco de sua personalidade e de como ele agirá nas próximas rodadas. De toda a história - nisso conto com o dorama e filme também - ele é o personagem que mais gostei e aqui não foi diferente. E ele é bom! Muito bom mesmo! Só se tem um gostinho do que ele pensa e faz aqui, ainda assim é muito bom de ler (rever)! O modo como ele faz para poder tirar a Nao do problema que se encontra eu não imaginaria nem de longe! Mas só digo que irá ser ainda melhor nas rodadas que virão.

É interessante também ver como o oponente vai agindo e se comportando ao longo dos 30 dias da 1ª rodada. O modo em como vai da confiança que irá ganhar a desesperação da possível perda, de enganador a ser enganado, é bem retratado.

E o primeiro volume termina com o início da 2ª rodada, na qual terá mais gente envolvida e mais dinheiro também.

Quanto ao desenho/traço, não é do que mais me encham os olhos, mas como gosto muito dessa história e ao lê-la também me manteve esse gostar. Acho que se tivesse lido ao menos boa parte antes de começar a ver o drama teria sido melhor e provavelmente teria terminado mais cedo a leitura, já que saber da história antes creio que influenciou nesta demora para terminar.
E com isso não tenho uma previsão muito certa de quando irei continuar com o mangá, pois quero esperar mais um tempo - e talvez esquecer mais coisas - antes de voltar a leitura.
Bom, bom, bom!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário e pela visita! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...