7 de dezembro de 2013

Easy - Tammara Webber [Opinião]





Título: Easy
Autora: Tammara Webber
Série
Gênero:
Ano: 2013
Nº de páginas: 305
Classificação: 5/5
Início da Leitura: 20/11/2013
Término: 07/12/2013




Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.



Antes de começar a descrever o quanto eu adoro o Lucas, conto o que achei do livro:

Apesar da história em si não ser nada de outro mundo, a achei bem desenvolvida. O tema mesmo que difícil, foi abordado de um jeito que não fico pesado - mas também não ficou leve demais. Achei que foi feito de um modo sensível - até porque, é um livro feito para um público mais jovem e também tem final feliz.
A escrita é fluida, o que deixa nós lermos muito bem e prende a nossa atenção durante todo o livro.

Gostei das personagens. A protagonista, apesar de não achar nada demais, também não me irritou ou incomodou  (a não ser pela atitude dela de início, de não denunciar o ocorrido. Mas como ao longo do livro tudo é trabalhado para se resolver na história - e se resolve -, então "perdoei" isso. E também  não gostei da atitude que ela teve em relação a descobrir o passado de Lucas: deveria ter esperado quando - e se - ele quisesse contar e respeitado seu espaço e vontade.) - é o que aqui no Brasil dizemos que "não fede nem cheira". Então ela foi ok para mim. Dois outros que queria ressaltar são a Erin e o Benji. A Erin foi uma ótima amiga para a Jacqueline e era divertida ao mesmo tempo que era determinada e valente. E passei bons momentos lendo o Benji também.

Mas quem me "roubou" o coração me conquistando aos poucos - e quem tomou o livro para si, na minha opinião - e por isso que dei 5 estrelas (iria dar 4,5 estrelas), foi pelo Lucas. Ele merece mais que 5 estrelas. Ele merece 1000! Que rapaz incrível! Vou dizer que se não fosse por ele, a história não teria a mesma empatia que me causou. Como ele é lindo - em TODOS os sentidos! Tenho que dizer que a medida que a história foi evoluindo e fui descobrindo os segredos dele, só tinha vontade de saber mais dele e ficava me perguntando "o que mais ele esconde?". E quando finalmente descobri o que faltava, me bateu a vontade de chegar nele e dar um abraço apertado e por no colo! Me diga que não! Momento confissão: só conseguir imaginar o Lucas como o rapaz da capa. Foi só comigo isso? XD
Olha, de momento não sei mais o que dizer, a não ser que o adoro! Já se tornou um dos meus personagens masculinos favoritos!
Pelo que vi por aí, sera lançado o livro que fala dele, sob a sua perspectiva! Já estou ansiosa e querendo muito que saia em pt, por favor! Ao que tudo indica, será lançado nos EUA em Maio de 2014 e será passado antes da história do Easy. Ai, é muito amor!

Destaco os versos de sua tatuagem:

"Amor não é a ausência de lógica 
mas a lógica examinada e recalculada 
aquecida e encurvada para se encaixar 
dentro dos contornos do coração."

Bom, depois desse momento dedicado ao Lucas, só posso dizer que só por ele o livro já vale a pena. A história é legal então pode ir sem muito receio, pois se lê bem.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário e pela visita! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...